Nossa História

Histórico e Finalidade da Instituição:

 

Fundado em 27 de Agosto de 1.960, há 56 anos, o Consórcio Intermunicipal da Promoção Social – CIPS - é uma organização não governamental, de atuação municipal, considerada de Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal.

 

Sua finalidade Institucional é atender e promover crianças e adolescentes de ambos os sexos, na faixa etária de 03 anos e 06 meses a 17 anos e 11 meses, provenientes de famílias de baixa renda, priorizando as situações de exclusão ou risco social e pessoal, através de atividades educativas que ofereçam condições para o exercício da cidadania.

 

Quando da sua fundação atuava somente com ações de caráter assistencialista. A partir de 1.970, seus esforços concentraram-se em parcerias com a Prefeitura de Bauru e com o Juizado de Menores na implantação do Centro de Aprendizagem Profissional, oferecendo cursos semiprofissionalizantes aos alunos regularmente matriculados na rede oficial de ensino, condição esta mantida até os dias de hoje como critério de elegibilidade.

 

Com o advento do ECA – Estatuto da Criança e Adolescente - em 1.990, novas normas foram instituídas e conclamou a família, o Estado e a sociedade a promoverem condições adequadas à proteção e desenvolvimento da criança e do adolescente.

 

A partir deste momento foi intensificada a parceria da Entidade com a Prefeitura de Bauru em programas sociais, juntamente às outras organizações não governamentais e das iniciativas privadas instaladas no município.

 

Em 2007, a Entidade foi considerada como um dos 23 melhores Programas de atendimento social do Estado de São Paulo. (Livro - Ação Social em São Paulo 23 Boas Práticas – Ano 2006; Pg. 42).

 

No decorrer dos anos, o CIPS tem acrescentado em sua programação atividades que melhorem o desenvolvimento biopsicossocial do adolescente e que aprimorem sua qualificação profissional, em conformidade com a Lei Orgânica da Assistência Social, que determina a promoção da integração ao mercado de trabalho, conforme princípios norteadores ditados pela Constituição – 1988  e pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA - em conformidade com a Lei da Aprendizagem (10.097/2000).

 

Atualmente, o grande diferencial o CIPS é que a maioria dos adolescentes que participam do nosso Programa de Aprendizagem (Lei 10097/2000 – MTE) é oriunda de outros projetos já desenvolvidos pela Entidade, ou seja, têm uma capacitação antes de serem encaminhados para o Mercado de Trabalho como Jovem Aprendiz.  

 

Outro diferencial do CIPS Bauru está na concepção de que toda criança e jovem são portadores de talentos que afloram e se desenvolvem quando convivem num ambiente saudável. Assim, em sua ação, visa o desenvolvimento de competências comportamentais, pois, crê que, com incentivo e valorização de seu potencial, essas crianças e/ou jovens fortalecerão a autoestima e tornar-se-ão agentes de transformação da comunidade em que estão insertos.

 

Principais atividades:

 

  • Possibilitar a ampliação do universo informacional, cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de suas potencialidades, habilidades e talentos, impulsionando sua formação cidadã;
  • Realizar ações com vistas ao fortalecimento dos vínculos familiares e sociais;
  • Propiciar vivências para o alcance de autonomia e protagonismo social;
  • Contribuir para a reinserção e permanência do jovem no sistema educacional;
  • Capacitação básica e encaminhamento do adolescente ao mercado de trabalho através do Programa de Aprendizagem Lei 10.097/2000.

 


"Eduquem-se os meninos e não será preciso castigar os homens." (Pitágoras)